O que é dropshipping e como ele funciona na prática?

Atualização! WhatsApp acaba de liberar duas novas ferramentas de segurança contra bisbilhoteiros
6 de fevereiro de 2019
Manja de TI e quer morar no Canadá? País está recrutando profissionais
16 de março de 2019
Mostrar tudo

O que é dropshipping e como ele funciona na prática?

Com diversas instalações fixadas em mais de 18 países, a Amazon realmente faz por onde para se manter como o maior nome do e-commerce no mundo. Mas o que pouca gente sabe a respeito da empresa de Jeff Bezos é que nem todos os produtos vendidos por ali saem de seus próprios armazéns!

Graças a uma técnica conhecida como dropshipping, marcas como eBay, Mercado Livre e a já citada Amazon conseguem não apenas usar o estoque de produtos de terceiros para realizar suas vendas como, de quebra, ainda ajudam outras empresas a crescer no mercado.

Mas o que é dropshipping e como exatamente isso funciona? Pois é o que vamos mostrar no post de hoje. Acompanhe os próximos tópicos para descobrir!

O que é dropshipping?

O termo dropshipping nasceu da junção de 2 palavras: drop, que significa largar, e shipping, que pode ser traduzida como remessa. Conhecendo essa origem fica muito mais fácil entender a utilidade da técnica para as lojas virtuais: basicamente, deixar a entrega e o estoque dos produtos por conta de outra empresa.

Com o dropshipping, o e-commerce faz a venda do produto e envia a ordem dessa transação para o fornecedor parceiro. É o fornecedor quem vai enviar o item para o cliente em nome do comércio eletrônico, que tem como lucro a diferença entre o preço cobrado para o usuário e aquele cobrado pelo parceiro. Viu como não tem mistério?

Se você ainda não tinha ouvido falar a respeito dessa técnica, é bem possível que ache que ela é relativamente nova. Mas, na verdade, não é bem assim. Canais de TV e até algumas estações de rádio já usavam esse modelo de gestão de logística há muitos anos, oferecendo em sua programação alguns produtos que podiam ser comprados pelo telefone.

Entre as lojas virtuais, grandes nomes vêm se mantendo de pé desde o começo por meio de técnicas de dropshipping. É o caso, por exemplo, de um dos maiores comércios virtuais dos Estados Unidos, aberto em 2002: Wayfair. E isso, claro, sem falarmos nos varejistas chineses, que têm usado plataformas como o eBay, AliExpress e Deal Extreme para oferecer seus produtos há anos!

Que benefícios traz?

A essa altura, você deve estar se perguntando se vale mesmo a pena apostar nesse tipo de técnica para os negócios e quais são os reais benefícios do dropshipping, certo? Pois fique de olho para esclarecer essas dúvidas de uma vez por todas!

É preciso juntar menos capital para começar a empreender

Do lado de quem vende, o dropshipping é uma ótima pedida, pois faz com que o empreendedor não tenha que investir em um gigantesco inventário de produtos antes de colocar a mão na massa.

Por outro lado, da parte do fornecedor, a técnica ajuda a empresa a focar em um número menor de detalhes — como a manutenção do e-commerce em si, a publicidade online e até o suporte de vendas.

É muito mais fácil começar seu negócio online

Se sua empresa não precisa lidar fisicamente com os produtos a serem entregues, o processo de vendas fica bem mais facilitado. Afinal de contas, depois da venda, sua parte da operação se resumirá a observar números e dar continuidade ao ciclo, gerando mais e mais vendas.

É garantia de flexibilidade regional

Não existem armazéns disponíveis onde você mora? O preço do aluguel é muito caro? É difícil cuidar da logística de envio na região onde você trabalha? Com o sistema de dropshipping, nada disso é problema.

Thiago Machado
Thiago Machado
Formado em Bacharel Sistemas de Informação pela faculdade Doctum de Cataguases - MG. Trabalha na área de informática a mais de dez anos, como professor de cursos profissionalizantes, informática básica e avançada. Nos últimos anos tem se especializado em tecnologias para Internet, trabalhando como Web designer e Programador Web.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *